Esperas que desesperam

15/12/2021

Por Victoria Aviles, Cidade do México

Muitas pessoas definem a ansiedade como sendo o “medo do futuro”, ou o “medo de algo que ainda não aconteceu”. Se tivéssemos que definir a “ansiedade”, certamente não teríamos palavras suficientes, porque cada pessoa vive a ansiedade à sua maneira.

Pessoalmente, posso compartilhar que já passei por muitas situações de ansiedade. A incerteza frente a algo que pode – ou não – acontecer, ou medo de não ter controle sobre situações atuais ou futuras, isso pode nos levar ao desespero e, em alguns casos até, a nos sentirmos doentes. E é algo normal querer saber, ter a certeza de que as coisas darão certo para nós.

Mas, o que significa “dar certo”? Talvez signifique que tudo sairá como planejamos, ou como idealizamos, ou que tudo ocorrerá de um jeito que nos beneficie. A questão é que, se tudo der certo o tempo todo, como poderíamos aprender alguma coisa nova? Como iríamos aprender a ajudar e, também, a ser ajudados naquelas horas que mais precisamos?

Ainda que as situações diárias nos causem ansiedade, é verdade que tudo o que acontece em nossa vida nos traz algum tipo de ensinamento, forja o nosso caráter, nos dá experiência, nos torna empáticos, nos ensina a confiar e a esperar.

E como é difícil esperar, ainda que seja algo que façamos todos os dias. Quando temos que esperar, essa palavra tão simples se torna muito complicada. Pode se converter em uma luta diária entre a nossa vontade e a vontade de Deus para as nossas vidas. Muitas vezes, deixar que Deus faça a vontade dele, e não a nossa, pode nos deixar ansiosos e desesperados por causa do dia de amanhã.

Se isso acontece com você, permita-me compartilhar uma frase muito linda: “Quando estou aflito e preocupado, tu me consolas e me alegras” (Salmo 94.19).

Isso não quer dizer que não teremos mais preocupações, aflições ou ansiedade por causa do dia de amanhã. Mas, sim, temos um Deus que leva as nossas cargas, que cuida dos nossos pensamentos, que nos consola e nos acompanha a cada momento. E podemos descansar nesse Deus, e encontrar a alegria que nos permite viver com confiança.

Quando se sentir ansioso, fale com Deus e confie nele. Assim, você vai desfrutar melhor aquilo que você já tem. Você irá ser grato pelo amor que já recebeu, e poderá esperar em silêncio, com paciência, sabendo que por amor, Deus faz a vontade dele, que é diferente da nossa. Confie nele, e você verá que quando estiver aflito e preocupado, só ele pode te consolar e te alegrar.

Conheça nosso conteúdo sobre “Como está a ansiedade”

Telegram
Messenger
Messenger