Estou escrevendo para você, querido jovem…

30/09/2021

Por Victoria Aviles, Cidade do México

Quando me pediram para escrever para os jovens, fiquei entusiasmada. Logo de início, me senti um pouco nostálgica, e devo confessar que, de repente, já não me senti tão jovem. Mas, comecei a escrever, e então pude sentir que meu coração e minha alma se alegraram, e então entendi que juventude é algo muito além de um número, de uma idade.

Quando falamos dos jovens, podemos pensar em todas as mudanças pelas quais passaram ao longo dos anos. Muitas pessoas comentam como são diferentes, agora, em termos de ideias, educação, costumes, crenças, etc. 

Mas, hoje eu gostaria de escrever sobre os jovens que não desistem, apesar das adversidades que a pandemia nos trouxe, aqueles jovens que trabalham dia a dia para construir os seus sonhos, que estudam apesar do cansaço ou das dificuldades, que almejam um mundo diferente e com mais oportunidades, que têm empatia, que amam, que têm fé e falam dela sem medo.

Através de seu falar e agir, estes jovens se tornam testemunhas vivas de amor e de fé, e são esses jovens que nos motivam a continuar sonhando. Por falar nisso, lembrei-me de uma bela passagem bíblica: “Filho, não esqueça os meus ensinamentos; lembre sempre dos meus conselhos. Os meus ensinamentos lhe darão uma vida longa e cheia de sucesso. Não abandone a lealdade e a fidelidade; guarde-as sempre bem-gravadas no coração” (Provérbios 3.3). Estas lindas palavras recordam-nos que, mesmo nas situações difíceis, temos esperança e um amor inesgotável em Cristo Jesus.

É por isso que eu me atrevo, hoje, a encorajar você a compartilhar os seus planos, a não abandonar os seus sonhos e desejos, a concluir os seus projetos. Continue sendo aquele amigo leal. Continue a acreditar no amor, a cuidar dos animais e do meio ambiente, a buscar novas oportunidades, a mandar seu currículo para outro emprego, a abraçar, confiar, rir, se amar, se curar de tudo o que te machuca, para poder contemplar a arte, para curtir a vida, o calor, a chuva, tudo o que te faz feliz, que te acalma, que te anima, te inspira e te motiva a mostrar amor.

Mas, principalmente, guarde tudo isso no coração e aproveite a juventude, a vida adulta, a vida toda. Ser jovem não é apenas uma questão de idade; é viver e sentir tudo com emoções à flor da pele.

Não abandone o amor e a verdade. Viva uma vida digna, compartilhada com amigos que têm sonhos e valores semelhantes. Seja verdadeiro com o que você acredita. Honre os seus pais, cuide dos seus caminhos e, acima de tudo, deixe Deus fazer parte da sua história.

Conheça nosso conteúdo sobre: “Tengo pensamientos suicidas – o que faço?”

Telegram
Messenger
Messenger