Ser mãe na pandemia…

03/08/2021

Por Cristina García, Gerente de Atendimento ao Cliente no México.

Falando de forma bem objetiva, a pandemia é um um acontecimento mundial que não apenas  desestabilizou todos os setores da sociedade, mas também nos deu, pelo menos a algumas pessoas, a possibilidade de transformar problemas em oportunidades, a chance de relembrar todas as habilidades que temos e de mostrar que somos capazes de fazer muito mais do que o que estávamos acostumados a fazer.

Nós, a maioria das mães, somos “multitarefas” para dar atenção não somente aos nossos filhos, mas a inúmeras tarefas também no lar e no escritório.

Estar trabalhando na modalidade “home office” nos dá a oportunidade de atender a todas as atividades que fazem parte do nosso dia a dia, o que nos permitiu ser muito mais eficientes. Podemos atender os afazeres da casa, também acompanhar as atividades dos filhos na escola, sem deixar de lado nosso trabalho no escritório.

Soubemos aproveitar as ferramentas atuais para facilitar ou simplificar nossas atividades, e o mais importante, estamos dando-nos a oportunidade de conhecer melhor os nossos filhos e as pessoas com as quais convivemos.

Meus filhos já são jovens adultos, de 24, 21 e 19 anos respectivamente, e me sinto tão contente de poder vê-los (como há anos não fazia), preparando-se para saírem ao trabalho ou para conectarem-se com as suas atividades escolares. Posso conviver com eles novamente assim como fazia antes, eu os vejo mais, e desfruto mais de sua companhia. Temos a oportunidade de trabalhar em equipe, de fazermos as refeições juntos… Uau!! Sabem quantos anos faz que isto não acontecia?

Jamais imaginaria que poderíamos chegar a viver isso; parece enredo de um filme, que se tornou real em plena pandemia! 

Dizem que tudo tem o lado bom e o lado ruim, que cada um de nós decide qual destes queremos ver em cada situação da vida… Infelizmente, para inúmeras famílias a perda de entes queridos trouxe tristeza e sofrimento que não podemos ignorar.

Na minha situação, ainda tenho a oportunidade de ver o lado bom, e me mostro positiva em tudo aquilo que faço, penso, empreendo, planejo. Sei que minha vida pertence a Deus e que eu estarei aqui até que ele decida. No entanto, hoje ele está dando a mim a oportunidade de desfrutar a minha estadia no mundo de um modo diferente, e isto é algo que eu quero aproveitar.

E você, para qual lado da pandemia tem olhado?

Conheça nosso conteúdo sobre “A vida em tempos de covid”

Telegram
Messenger
Messenger